Se formalizou como MEI? Agora saiba como emitir a Nota Fiscal de Serviços

Um dos grandes benefícios ao se formalizar como MEI é poder emitir a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) e acessar novos mercados, vendendo para empresas e até mesmo órgãos públicos. Mas, atenção! A emissão da Nota Fiscal de Serviços para MEI é obrigatória para empresas. Para pessoa física, é opcional.

O processo é mais simples do que se imagina e realizado totalmente on-line. Confira o passo a passo para realizar a emissão das notas de forma fácil e prática:

Passo 1: Cadastro no Portal do Empreendedor

Antes de emitir qualquer nota fiscal, é necessário garantir que você esteja formalizado como MEI. Para isso, acesse o Portal do Empreendedor e faça o seu cadastro.

Passo 2: Acesse o Portal do Simples Nacional de Emissão e Nota fiscal De Serviço

Após a formalização, acesse o Portal do Simples Nacional de Emissão e Nota fiscal De Serviço (gov.br/nfse) e faça login pelo certificado digital, pela sua conta govbr, ou pelo CNPJ e senha cadastrados. Caso não consiga acessar com essas opções, é necessário clicar no botão “Primeiro Acesso” e preencher os dados do cadastro.

Passo 3: Escolha o tipo de nota fiscal

Existem dois tipos principais de notas fiscais que um MEI pode emitir: a Nota Fiscal Simplificada e a Nota Fiscal Completa. Escolha a opção mais adequada para o seu negócio. É importante lembrar que com o aplicativo NFSe é possível fazer a emissão de NFS-e simplificada pelo celular.

Passo 4: Acesse o sistema e emita a nota fiscal

Ao acessar o sistema de emissão de notas fiscais, preencha os campos obrigatórios, como dados do cliente, descrição do serviço ou produto, valor etc. Certifique-se de ter as informações corretas para evitar problemas futuros. Após preencher todos os campos necessários, clique na opção para emitir a nota fiscal. O sistema irá gerar o documento, e você poderá fazer o download ou imprimi-lo.

Passo 6: Emita a nota fiscal.

Acesse o sistema de emissão de notas fiscais e preencha os dados da nota fiscal. Após preencher todos os campos necessários, clique na opção para emitir a nota fiscal. O sistema irá gerar o documento, e você poderá fazer o download ou imprimi-lo.

Passo 7: Guarde a nota fiscal

Após a emissão, é fundamental manter uma cópia da nota fiscal arquivada por pelo menos cinco anos. Isso é importante para eventuais fiscalizações ou para consultas futuras.

De olho nas dicas

O Sebrae preparou uma série de 10 vídeos com todas as orientações para facilitar a vida dos microempreendedores individuais (MEI). Lá o empreendedor vai encontrar dicas sobre “Como se formalizar como MEI”, “Como fazer o cadastro no portal Gov.BR”, “Como emitir as guias DAS do MEI em atraso”, entre outros conteúdos.

Clique aqui e confira as dicas de como emitir nota fiscal sendo MEI

Jornadas MEI

Quer começar a empreender? Já tem um negócio ou precisa organizar sua empresa? O Sebrae preparou um portal com conteúdos inteiramente voltados aos microempreendedores individuais. Lá a pessoa que quer se tornar MEI ou que já abriu a própria empresa vai encontrar o caminho para melhorar vários aspectos do dia a dia do negócio.

Ao completar as trilhas de conhecimento, o empreendedor poderá ter acesso a benefícios exclusivos, como consultorias, bônus de desconto e mesmo acesso à linhas de crédito diferenciadas.

Saiba mais aqui.

A Agência Sebrae de Notícias está publicando uma série de reportagens com informações descomplicadas para você que já é MEI ou que ainda está pensando em abrir um negócio.

Fonte: Agência Sebrae

O post Se formalizou como MEI? Agora saiba como emitir a Nota Fiscal de Serviços apareceu primeiro em Informativo Empresarial.