Saiba sobre a importância da auditoria fiscal na sua empresa

A auditoria fiscal não é só uma atribuição da Receita Federal, uma vez que qualquer empresa pode contratar um profissional para ver sua situação. É o que ajuda a identificar erros de pagamento ou problemas na hora de pagar os impostos e demais obrigações fiscais e tributárias.

A maior parte das empresas têm problemas fiscais — isso se deve à complexidade do sistema tributário. O Brasil cria 46 novas leis por dia e a verdade é que poucas empresas cumprem todas as obrigações corretamente. A auditoria fiscal é um procedimento importante para evitar problemas no futuro. Continue conosco e entenda:

O que é auditoria fiscal?

A auditoria fiscal é uma vistoria com a função de analisar se a empresa cumpre todas as suas obrigações, como o pagamento de ICMS, IPI, ISS e por aí vai. O responsável pela realização dessa atividade é o auditor, é ele quem apura os pagamentos.

Depois da análise, o auditor dá à empresa um parecer, revelando os possíveis erros e como corrigi-los. A busca se dá por um profissional com formação em contabilidade, uma vez que ele fará um exame completo dos documentos fiscais da empresa.

Ele vê o quanto a marca paga seus impostos, incluindo os municipais, estaduais e federais. Então, confere se há falhas nos cálculos ou problemas de pagamento. A auditoria fiscal é fundamental para quem tem problemas tributários, mas também há a procura por quem quer uma abordagem preventiva.

Qual é a diferença da auditoria fiscal para a contábil?

A auditoria fiscal serve para que se confira o controle e planejamento tributário. O auditor vê se o pagamento dos impostos foi realizado corretamente, suas declarações e outros pontos. Ele também analisa oportunidades de benefícios fiscais. Caso encontre erros, dá sugestões de como corrigi-los.

Já a auditoria contábil, analisa as finanças da empresa. O auditor estuda os registros para compreender se há problemas na gestão ou na saúde financeira da empresa. Ao contrário do outro modelo, o foco não são os impostos. Por isso, a análise envolve outros focos. Como:

  • Balanço patrimonial;
  • Fluxo de caixa;
  • Demonstração de Resultado de Exercício (DRE).

Esse último é o resumo das operações financeiras e mostra se a marca teve lucro ou prejuízo. A partir daí, o analista mostra ao empreendedor o que parece relevante.

Quais são os benefícios da auditoria fiscal?

A principal vantagem da auditoria é a prevenção, visto que ela antecipa problemas. O relatório mostra as razões por trás dos problemas e sugere soluções, esse é um procedimento que poupa o dinheiro que seria gasto em multas. Ele se destaca por ajudar a recuperar impostos, cuidar dos processos legais e prevenir problemas tributários.

Às vezes, o pagamento de impostos é duplicado — também conhecido como bitributação, um acontecimento considerado comum. A auditoria também serve para que se recupere esse valor e, em alguns casos, esse se torna um procedimento que traz retorno financeiro para a organização.

O procedimento também detecta outros problemas, como a escolha errada do regime tributário. Vale ressaltar que a auditoria também tem um olhar jurídico. Isto é, se sua marca enfrenta algum processo legal, você também ficará por dentro. Isso faz você antecipar o consumo do faturamento.

Como preparar a empresa para a auditoria fiscal?

Primeiramente, deixe a casa arrumada. Isto é, prepare todos os documentos que podem ser necessários para a realização do trabalho do profissional. O auditor precisa ver seu livro de apuração tributária para ver a situação da empresa. Por isso, você deverá ter um bom registro. Caso não o tenha, o trabalho ainda é possível, só que ficará mais lento.

Talvez o auditor solicite mais documentos, o que significa mais tempo. Se quiser um processo mais organizado, pode optar pela digitalização. Ela serve para que se dispense o uso de papel, no entanto, para boa parte das tarefas, precisará de um certificado digital.

Ele é útil para as transações serem autenticadas. Para ser validado, há um arquivo eletrônico que precisa ser emitido por uma autoridade certificadora, como a Serasa Experian.

Como regularizar a parte fiscal do negócio?

Regularizar a parte financeira do negócio importa para que a marca não precise lidar com os problemas do não pagamento de impostos. Por exemplo, a impossibilidade de emitir NF-es, detalhe que afeta a legalidade das vendas.

Vale ressaltar que isso também atrapalha a relação com os clientes e a busca por fornecedores, já que eles podem exigir a nota. Para regularizar a parte fiscal da sua organização, procure:

  • Consultar o site da Receita Federal para buscar pendências;
  • Fazer auditorias;
  • Parcelar os débitos;
  • Ver o extrato da situação fiscal.

As dívidas podem ter origem na conjuntura da economia, nos problemas de gestão ou em imprevistos. Para que você possa administrá-las, é necessário conhecer as dívidas existentes e seus valores, bem como registrar as entradas e saídas de dinheiro.

Esse controle é fundamental para garantir a legalidade e a saúde financeira do negócio. Também lembre-se de trabalhar por negociações e buscar confiança e equilíbrio em todas as ações da sua empresa.

O que é preciso saber sobre documentos fiscais?

Os documentos fiscais se enquadram em vários tipos, como:

Os documentos são úteis para que se tenha uma comprovação das operações da empresa. Elas registram vários tipos de atividade, como a compra, venda e transporte de itens variados. Neles, estão as comprovações do pagamento dos impostos, por isso, sua conformidade importa. Eles também têm utilidade prática, servindo para que se consulte informações contábeis.

É preciso guardá-los de forma organizada, em formato impresso ou digital. O armazenamento deve seguir as especificações da lei, normalmente de cinco a dez anos. Sua emissão é exigida pela Receita e por outros órgãos públicos, como a Secretaria da Fazenda, a Sefaz.

Conte com a Serasa Experian para manter suas obrigações em dia!

Entendemos que o cumprimento das obrigações fiscais no Brasil pode ser complicado. Apesar disso, existem ferramentas úteis que podem ser implementadas para facilitar a rotina contábil das organizações, como é o caso do e-CNPJ da Serasa Experian.

Essa é uma solução atrelada ao CNPJ da organização que permite a realização de diferentes atividades no âmbito digital. Por exemplo, com ela, é possível assinar documentos digitalmente com validade jurídica.

Além disso, também é possível acessar portais do governo com mais facilidade, como Receita Federal e o eSocial. Tudo isso faz com que você consiga cumprir seus compromissos fiscais e legais com mais praticidade. Acesse o site e conheça melhor essa solução!

A auditoria fiscal ajuda a lidar com nosso complexo sistema tributário. Os auditores a conduzem para conferir as obrigações fiscais ou erros de pagamento.

Além da auditoria, guarde corretamente seus documentos fiscais e contábeis. Tenha à mão itens como extratos, comprovantes de pagamento e encargos. Se quiser saber mai sobre o assunto, veja nosso post sobre o que são documentos contábeis. Até a próxima!

Fonte: Serasa Experian

O post Saiba sobre a importância da auditoria fiscal na sua empresa apareceu primeiro em Informativo Empresarial.