Moda: saiba como ter um negócio sustentável

Design circular, upcylcing, tingimento natural, reciclagem e durabilidade são alguns dos temas trazidos no Guia de Moda Sustentável, lançado pelo Sebrae. O objetivo da publicação é introduzir conceitos e práticas sustentáveis para que os empreendedores do ramo possam inovar em seus negócios e produtos. A medida está alinhada aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas e tem a proposta de reduzir os índices de poluição causados pelo setor.

“Os microempreendedores individuais e as pequenas empresas da moda, ao integrarem práticas ESG (do inglês Environmental, Social and Governance) em suas operações, não apenas respondem às expectativas crescentes dos consumidores, mas também moldam um futuro mais consciente, ético e sustentável para a indústria, contribuindo positivamente para a sociedade e o meio ambiente”, ressalta a gestora de Moda do Sebrae, Kamilla Merle.

Acesse: Guia de Moda Sustentável.

Além dos conceitos ligados à moda sustentável, o guia traz orientações sobre como comunicar sustentabilidade para os clientes, traz dicas sobre a gestão da estratégia da marca e a manutenção da identidade no mercado, o branding. “A construção de uma reputação sólida e a conquista da confiança dos clientes resultam diretamente dessas estratégias, especialmente para empreendedores que buscam relações duradouras”, comenta Kamilla.

A gestora reforça que o material foi elaborado com o propósito de desmistificar a moda sustentável e fornecer orientações àqueles que desejam iniciar ou aprimorar suas práticas. “É importante ressaltar que a transição para uma moda mais sustentável é um processo contínuo e que cada pequeno avanço pode contribuir para um impacto positivo a curto, médio e longo prazo”, assegura.

Primeiro passo

Trabalha no ramo da moda e quer começar a ser mais sustentável e não saber por onde começar? O Sebrae compartilha algumas dicas para dar tornar o seu negócio mais sustentável:

  1. Materiais
    É importante utilizar menos materiais na confecção de artigos individuais. Opte também por eliminar materiais não recicláveis e poluentes da cadeia de suprimentos, procurando novos fornecedores mais sustentáveis.
  2. Reaproveite
    Sabe aquele material que sobrou de uma peça? Guarde, ele poderá ser utilizado mais na frente. A dica serve também para rejeito de tecidos, couro ou materiais sintéticos. Busque uma maior reutilização dos insumos.
  3. Fique de olho
    Se não dá mais para usar, promova a coleta e a renovação dos materiais reciclados. Já os outros resíduos (lixo) devem ser descartados com segurança para que não poluam o meio ambiente. Fique atento!

Fonte: Agência Sebrae

O post Moda: saiba como ter um negócio sustentável apareceu primeiro em Informativo Empresarial.