Como se tornar CEO? Tem de fazer um curso específico? Veja o que dizem especialistas

  1. Tenha formação generalista, mas saiba ampliar o conhecimento

Não precisa ser especialista em alguma área, mas o conhecimento básico em vários pode ajudar a ter mais liberdade na hora de negociar e tomar decisões em conjunto com o conselho administrativo da empresa.

Para o presidente da ABRH, Paulo Sardinha, o CEO é geralmente um profissional generalista, que precisa saber um pouco de tudo, como finanças e logística.

“Ele vai ter uma formação, seja em administração, engenharia, ciências humanas, mas isso não basta. Ele precisa ampliar a gama não só de habilidades, mas de conhecimento”, ressalta.

Marco Tulio Zanini observa que saber o básico de finanças é um ponto crucial, visto que muitas corporações ainda são apegadas à linguagem dos números.

  1. Exercite a inteligência emocional

Qualquer pessoa pode se beneficiar do desenvolvimento da inteligência emocional, mas se você quiser se tornar CEO, é importante que desenvolva essa habilidade antes mesmo de chegar ao cargo.

Pense nisso como um diferencial que pode valorizar sua trajetória e ainda impactar positivamente nas relações com colegas de trabalho e equipes subordinadas.

  1. Tenha visão de contexto

Saiba quais são os novos movimentos tecnológicos, econômicos e políticos, principalmente dentro da área de atuação da empresa.

“Se você faz uma boa leitura do contexto, você consegue se planejar mesmo dentro da instabilidade”, afirma Zanini.

Ele ainda aconselha que o profissional saiba definir um bom planejamento estratégico e usufrua dessa visão para decidir quando lançar um novo produto.

De acordo com Sardinha, essa prática enfatiza uma característica benéfica no CEO: a capacidade de transitar diante dos problemas e das oportunidades.

  1. Prepare seus sucessores

É esperado que a empresa tenha continuidade, por isso um grande diferencial de quem quer ser CEO é ter uma mentalidade de liderança com foco em preparar sucessores.

É preciso transmitir conhecimento e saber comunicar muito bem qual é o desempenho esperado de cada um.

  1. Faça networking

Ampliar as relações ajuda o profissional a construir um repertório e conhecer novas visões de negócio. Para Zanini, essa busca por conexões tem dois pontos positivos: “Você é percebido no mercado de CEO, quase como entrar em um clube, e desenvolve uma visão consolidada sobre o que está acontecendo ao seu redor”.

ABRH-Brasil

O post Como se tornar CEO? Tem de fazer um curso específico? Veja o que dizem especialistas apareceu primeiro em Informativo Empresarial.