Como a matriz nine box funciona? Entenda os quadrantes e como fazer

Você já ouviu falar na matriz nine box ou 9box? Na busca constante por talentos que impulsionem o crescimento da empresa, gestores podem encontrar nessa estratégia uma ferramenta de avaliação poderosa.

A atração e retenção de talentos é uma das premissas mais importantes para a gestão de pessoas e o sucesso organizacional. E a jornada do colaborador passa por diversas fases, cada qual essencial para o seu desenvolvimento e pertencimento.

O nine box é mais do que um simples diagrama. É uma bússola que orienta o desenvolvimento de lideranças e a gestão de carreiras. Neste material completo, desvendamos o que é a matriz nine box, para que serve, como funciona e como aplicá-la com precisão para maximizar o potencial da sua equipe.

Boa leitura!

O que é a matriz nine box? 

A matriz nine box é uma ferramenta utilizada no mundo corporativo para avaliar e mapear o desempenho e o potencial dos colaboradores. Originada nos anos 70, essa ferramenta se tornou um componente essencial no arsenal de gestão de talentos das empresas, oferecendo uma visão clara sobre onde investir em desenvolvimento de carreira e liderança.

Criada com o propósito inicial de avaliar o potencial de executivos em grandes corporações, a matriz nine box evoluiu para ser aplicada em diversos níveis organizacionais. Ela permite que gestores identifiquem e cultivem talentos dentro de suas equipes, alinhando habilidades individuais com as metas da empresa.

Como funciona?

A matriz nine box é composta por nove caixas, ou quadrantes, formadas pela interseção de duas variáveis: desempenho e potencial. Ela é uma matriz gráfica, ou seja, a partir dos dados avaliados nos aspectos de potencial e desempenho, é possível observar onde cada colaborador está encaixado dentro da matriz.

O desempenho — representado pelo eixo horizontal X — costuma ser avaliado com base nos aspectos técnicos atuais do colaborador. Entregas metrificáveis e resultados obtidos, são exemplos do que pode ser avaliado para pontuar esse aspecto.

Já o potencial (comportamento) — representado pelo eixo vertical Y — é uma projeção de sua capacidade de desenvolvimento em aspectos culturais e comportamentais. Ou seja, avaliando seus pontos fortes e a capacidade de assumir responsabilidades maiores.

Os gestores usam a matriz nine box para:

  • Identificar líderes emergentes e planejar sucessões.
  • Tomada de decisão sobre promoções, desenvolvimentos e transferências.
  • Criar planos de desenvolvimento individualizados e planos de carreira.
  • Alocar recursos de treinamento e desenvolvimento de forma eficiente.
  • Identificar lacunas de competência dentro de equipes,
  • Promover a cultura de feedback contínuo e reconhecimento de alto desempenho.

Entendendo os quadrantes da matriz nine box

A eficácia da matriz nine box reside na sua capacidade de categorizar os colaboradores em nove tipos, com base em dois critérios principais: desempenho e potencial.

O nine box permite que cada quadrante ofereça insights sobre onde o colaborador se encaixa atualmente e o que pode ser necessário para seu avanço ou desenvolvimento.

  1. Insuficiente – baixo desempenho e baixo potencial: colaboradores que podem estar insatisfeitos, ou fora de suas habilidades/conhecimentos com suas responsabilidades atuais e têm um potencial limitado para funções mais avançadas.
  2. Questionável – baixo desempenho e potencial moderado: enfrentam desafios no momento, mas têm potencial para desenvolver-se com a orientação certa.
  3. Enigma – baixo desempenho e alto potencial: pode indicar um talento mal-aproveitado ou alguém que está em uma posição que não se alinha com suas habilidades.
  4. Eficaz – desempenho moderado e baixo potencial: funcionários consistentes, mas talvez não estejam prontos ou interessados em subir na hierarquia.
  5. Mantenedor – desempenho moderado e potencial moderado: trabalhadores sólidos que podem crescer com investimentos em desenvolvimento e treinamento.
  6. Forte desempenho – desempenho moderado e alto potencial: aqueles que estão indo bem e podem se tornar excelentes com mais desafios e responsabilidades.
  7. Comprometido – alto desempenho e baixo potencial: excedem nas suas funções atuais e são valiosos, mas podem não ter interesse ou capacidade para avançar muito mais.
  8. Forte desempenho – alto desempenho e potencial moderado: potenciais líderes, que podem subir mais um ou dois degraus na carreira, desempenhando papéis mais complexos.
  9. Alto potencial – alto desempenho e alto potencial: destaques e referências, que não só entregam resultados excelentes, mas também possuem uma possível liderança e passos para crescimento no futuro.

Matriz Nine Box - Matrix de potencial e desempenho

Abordagens possíveis de acordo com os quadrantes

  • Quadrantes de baixo desempenho (1, 2, 3): foco em melhorias de desempenho ou realocação de função.
  • Quadrantes de desempenho moderado (4, 5, 6): oportunidades de desenvolvimento e incremento na contribuição.
  • Quadrantes de Alto Desempenho (7, 8, 9): reconhecimento, recompensa e preparação para maiores responsabilidades.

Nine box na prática: como e quando utilizar 

O uso efetivo da matriz nine box na avaliação de colaboradores envolve mais do que apenas preencher quadrantes. É preciso um entendimento aprofundado das dinâmicas de desempenho e potencial.

Vamos descrever um passo a passo para sua implementação do nine box e discutir o timing ideal para sua utilização.

Garanta a avaliação de desempenho

A matriz 9box é uma ferramenta de apoio ao desenvolvimento. Portanto, para que seja eficaz e atualizada, o recomendado é que seja feita após o ciclo de avaliação de desempenho.

Lembre-se que uma avaliação completa é aquela que abrange todos os aspectos do ciclo do colaborador. Devendo examinar ambos os aspectos: soft skills e hard skills.

Separe os dados que serão utilizados

Antes de aplicar a matriz, colete dados concretos de desempenho, incluindo avaliações anteriores, feedback de pares e supervisores, e resultados de KPIs. É essencial que essa avaliação seja feita em conjunto com outros gestores ou a equipe de RH para garantir uma perspectiva equilibrada e minimizar vieses.

Preencha a matriz

Utilize as informações coletadas para posicionar cada colaborador no quadrante correspondente à sua performance atual e potencial percebido. A matriz usa três pilares para avaliar os eixos: abaixo, dentro e acima das expectativas.

Prepare para o plano de desenvolvimento

Toda ferramenta só é eficiente quando bem utilizada. Depois de um ciclo completo de avaliação, é hora de preparar o plano de ação com treinamento e desenvolvimento de pessoas.

Com base na posição de cada colaborador na matriz, crie planos de desenvolvimento individualizados, incluindo treinamentos, mentorias e possíveis movimentações de carreira.

Boas práticas para utilizar o nine box 

Embora a matriz nine box seja uma ferramenta robusta para a avaliação e desenvolvimento de talentos, sua aplicação exige uma série de precauções para assegurar a justiça e eficácia do processo.

1 – Tenha cuidado com avaliações subjetivas

A subjetividade nas avaliações pode levar a resultados distorcidos, afetando tanto a moral do colaborador quanto a precisão do mapeamento de talentos. Treine os gestores e avaliadores para aplicar a avaliação de maneira consistente e objetiva.

Inclua múltiplas fontes de feedback para compor uma visão mais equilibrada de cada colaborador. Defina e comunique com clareza os critérios de desempenho e potencial para garantir que todos estejam avaliando com base nas mesmas expectativas.

2 – Garanta transparência e equilíbrio

Justiça e transparência são fundamentais para que os colaboradores se sintam valorizados e compreendam suas trajetórias de desenvolvimento. Use a matriz como ponto de partida para diálogos produtivos sobre desenvolvimento profissional, não apenas como um fim em si mesmo.

Certifique-se de que qualquer decisão tomada com base na matriz seja bem fundamentada em dados e não em impressões isoladas.

3 – Escolha o momento certo para a aplicação

A matriz deve ser utilizada como uma ferramenta durante as avaliações regulares, proporcionando uma visão longitudinal do progresso do colaborador. Fora os ciclos padrão de avaliação de performance e desempenho, outros dois cenários se beneficiam com o uso do 9box:

  1. Planejamento de sucessão: é útil no planejamento sucessório, ajudando a identificar candidatos internos para futuros papéis de liderança.
  2. Depois de mudanças organizacionais: pode ser aplicada para reavaliar o alinhamento dos talentos após reestruturações ou mudanças significativas nas estratégias de negócios.

4 – Frequência de avaliação

Como prática padrão, muitas organizações realizam a avaliação nine box uma vez por ano para acompanhar o desenvolvimento contínuo dos colaboradores.

Porém, essa matriz pode ser utilizada em outros momentos, como troca de cargos/posições, após projetos ou até mesmo para avaliar a evolução após um PDI (plano de desenvolvimento individual).

Tendências futuras em avaliação de desempenho e potencial

As práticas de avaliação de desempenho e potencial estão em constante evolução, impulsionadas pelas inovações em RH e tecnologia. A matriz nine box, como uma ferramenta clássica, não está isenta dessa evolução, adaptando-se para atender às novas demandas e perspectivas do local de trabalho moderno.

As ferramentas de avaliação estão se tornando mais integradas com sistemas de dados, permitindo análises mais profundas e previsões mais precisas.

Com isso, há um movimento em direção a avaliações mais personalizadas, considerando as singularidades de cada colaborador e seu caminho único de desenvolvimento.

Conheça a plataformas de gestão de pessoas que vai transformar o seu RH

Plataformas como a gestão de pessoas da Flash foram desenvolvidas para facilitar e enriquecer toda a jornada do seu colaborador, desde a admissão. A Flash permite:

  • Integração e acompanhamento das métricas de desempenho;
  • Plataforma completa para gestão do processo de avaliação e desenvolvimento;
  • Incentivo ao desenvolvimento contínuo ao alinhar ao oferecer indicadores que mensuram o desenvolvimento individual e o das equipes.

As empresas que se antecipam e investem no seu capital humano estão posicionadas para liderar na atração, retenção e desenvolvimento de talentos. Descubra como a Flash pode ajudar a sua empresa a transformar seus resultados com a gestão estratégica de pessoas!

Fonte: Folha Certa

O post Como a matriz nine box funciona? Entenda os quadrantes e como fazer apareceu primeiro em Informativo Empresarial.